Grab recebe aporte de US$ 250 milhões da montadora coreana Hyundai

Com o investimento, a startup e a montadora irão criar um programa para acelerar a implantação de carros elétricos no sul da Ásia

Grab recebe aporte de US$ 250 milhões da montadora coreana Hyundai

Com o investimento, a startup e a montadora irão criar um programa para acelerar a implantação de carros elétricos no sul da Ásia

0
shares

O Grab, serviço asiático de corrida por aplicativo, está realizando uma rodada de investimentos série H. Até então, a startup havia recebido aportes da Microsoft (de valor não relevado) e da empresa de viagem Booking, de US$ 200 milhões. Agora, a Hyundai, montadora coreana que já havia investido na startup em janeiro, está aumentando sua participação na empresa com um aporte de US$ 250 milhões.

No total, a rodada de investimentos série H – que ainda está acontecendo – já alcançou o valor de US$ 2,7 bilhões. A expectativa da startup é de encerrar a rodada em US$ 3 bilhões. Os fundos Goldman Sachs Investment Partners, Citi Ventures, OppenheimerFunds, Lightspeed Venture Partners e Macquarie Capital são alguns dos que participaram do empreendimento.

Com a aproximação ainda maior entre as empresas, a Hyundai e a Kia agora planejam criar um programa para carros elétricos na região sul da Ásia. O objetivo é de aumentar a adoção de carros desse tipo no continente, em parceria inclusive com outros investidores do setor – como a Kia, por exemplo, montadora adquirida pela Hyundai em 1998.

“Como lar de um dos centros de consumo de mais rápido crescimento do mundo, o Sudeste Asiático é um enorme mercado emergente para veículos elétricos”, disse Youngcho Chi, Diretor de Inovação da Hyundai e chefe da Divisão de Estratégia e Tecnologia. A estratégia pode facilitar a adoção dos novos carros porque os potenciais compradores terão um contato maior com os veículos nas corridas que realizarem pelo Grab.

O piloto do programa começará em Singapura já no ano que vem. As empresas trabalharão em parcerias com governos e empresas de infraestrutura no país para melhorar inclusive a estrutura para os carros elétricos no país. “Como donos da maior frota de carros elétricos em Singapura, ficamos felizes em estabelecer uma parceria com a Hyundai para a adoção de carros elétricos no sudeste da Ásia. Ambos compartilhamos a visão da eletrificação na mobilidade como uma das chaves para a criação de um ecossistema sustentável e uma plataforma mais acessível financeiramente”, disse Ming Maa, presidente do Grab, no anúncio.

O investimento das montadoras

A Hyundai e a Kia não são as únicas montadoras que estão com um olhar atento para o Grab. Em junho deste ano, a Toyota se comprometeu a investir US$ 1 bilhão na startup. Essa é uma forma mais fácil de garantir que carros da Toyota estejam sendo usados por ela, que já realizou mais de 2,5 bilhões de corridas desde que foi fundada em 2012. Além disso, os aportes demonstram como as empresas tradicionais estão mais atentas e desejando participar das inovações da nova economia.

Ainda neste ano, o Grab comprou a atuação completa da Uber no Sudeste Asiático – até então, a startup do Vale do Silício operava nos países da região inclusive com seu serviço de delivery de refeições, o Uber Eats. A startup também se destacou por ser uma das startups com mais capital levantado criada por alunos de Harvard e da Universidade de Chicago.

Baixe já o aplicativo da StartSe

App StorePlay Store

Assine nossa newsletter

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema
Mais em Startups