Dinheiro novo: Governo de SP lança linha de crédito para startups

O programa Juro Zero Inovação destinará R$ 8 milhões ao pagamento de juros de créditos oferecidos a startups

Dinheiro novo: Governo de SP lança linha de crédito para startups

O programa Juro Zero Inovação destinará R$ 8 milhões ao pagamento de juros de créditos oferecidos a startups

0
shares

O Governo do Estado de São Paulo lançou, nesta quarta-feira (28), o Programa Juro Zero Inovação. O programa subsidiará duas linhas de crédito já disponibilizadas pela agência de desenvolvimento paulista Desenvolve SP.

São elas: Linha de Incentivo à Tecnologia, para empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões. E a Linha Inovacred, da Finep, para empresas com faturamento anual até R$ 90 milhões.

Com condições e critérios específicos, as linhas de crédito podem financiar projetos de inovação que abranjam desde a introdução de novos produtos, serviços e processos no mercado, incluindo a compra de máquinas e equipamentos, até mesmo o aperfeiçoamento de tecnologias já existentes, inovações organizacionais e de marketing.

O prazo para pagamento dos empréstimos pode chegar até 10 anos, já incluso período de carência de até 2 anos. O juro zero será concedido para as empresas que mantiverem as prestações do financiamento pagas em dia.

No caso de inadimplência, os juros cobrados poderão variar de 0,33% a 0,56% a.m., mais a taxa Selic, por parcela em atraso. Os empresários com dificuldades em apresentar garantias reais para a tomada de crédito poderão ainda contratar junto ao financiamento os Fundos Garantidores oferecidos pela Desenvolve SP.

Por enquanto há o pré-requisito da startup ter concluído o Pipe, uma iniciativa de apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, que ela não precisa ter base tecnológica, mas é necessário provar que inova de alguma forma.

Para as empresas que tem interesse e se enquadram no perfil, será possível submeter seus projetos para análise no próprio site da Desenvolve SP.

Além do Juro Zero Inovação, há pouco menos de um mês foi regulamentada a aplicação dos recursos da Lei de Informática em fundos de investimentos focados em startups. Essas duas iniciativas marcam uma presença mais forte do governo brasileiro no cenário de startups, algo que sem dúvida poderá beneficiar o ecossistema.

Baixe já o aplicativo da StartSe

App StorePlay Store

Assine nossa newsletter

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema
Mais em Startups