Startup levanta US$ 10 milhões e visa ajuda Uber a prever aumento de demandas

Fundada em 2015 na Nova Zelândia, a PredictHQ sai oficialmente do seu "esconderijo" hoje, quando anunciou o investimento

Startup levanta US$ 10 milhões e visa ajuda Uber a prever aumento de demandas

Fundada em 2015 na Nova Zelândia, a PredictHQ sai oficialmente do seu "esconderijo" hoje, quando anunciou o investimento

0
shares

Quem nunca passou pela situação de pedir um Uber e se deparar com os preços nas alturas? No caso, por exemplo, quando está acontecendo algum evento nas proximidades e você não sabe, acaba não entendendo o porquê do aumento. Isso acontece devido à corrida dinâmica, na qual quando a demanda é muito grande o preço aumenta proporcionalmente de forma automática, e acaba pegando muitas pessoas desprevenidas. Mas não por muito tempo.

Segundo a VentureBeat, a startup PredictHQ tem trabalhado de forma discreta para resolver esse problema, que acomete não só o Uber como outras empresas, como Domino's e Booking.com. Ela agrega dados de inúmeras fontes relacionadas a eventos relacionados a feriados, shows, festivais e mais, depois, junta com outros dados de difícil acesso, adquiridos manualmente, assim como dados próprios e agrupa tudo em uma única API licenciada para empresas.

"Eventos têm um grande impacto nos negócios - mas nem sempre eles percebem", Campbell Brown, cofundador e CEO da PredictHQ, revelou à VentureBeat. "Nós empoderamos negócios para saber os catalisadores de demanda antes de acontecer, então eles não precisam sair correndo com a demanda quando atingir o pico".

Citando um exemplo, Brown afirmou que o evento American Society of Hematology traz mais de 25 mil pessoas para cidades diferentes dos EUA todo ano para uma exposição. Se em uma de suas edições tiver um evento simultaneamente nas proximidades pode trazer um verdadeiro transtorno para o local.

"A maioria das pessoas nem sabe que esse evento existe, ou então que uma exposição e feira de gemas compõe aumentam uma média de 40% na demanda, muito menos o tipo de impacto de uma viagem, turismo, logística e hospedagem", explica o CEO. "É impossível se preparar para grandes picos na demanda se você não sabe que eles estão se aproximando, mas com inteligência de eventos você pode. Se você lidera uma rede de alimentos, conseguirá garantir que tem ingredientes suficientes, ou se é a Uber, pode mobilizar mais carros para os horários-chave".

Discrição

Fundada em 2015 na Nova Zelândia, a PredictHQ sai oficialmente do seu "esconderijo" hoje e revelou que já levantou US$ 10 milhões em uma rodada Série A liderada pela Aspect Ventures. Além disso, a startup está aprimorando e transferindo a sede da empresa para São Francisco, à medida que procura dobrar o mercado nos EUA.

"Começamos a PredictHQ, porque percebemos que as empresas de viagens podem se beneficiar com a compreensão dos catalisadores de movimento humano", disse Brown. “Mas logo percebemos que a oportunidade em potencial para a inteligência de dados de eventos vai além das viagens e de um setor específico. Isso nos colocou em um caminho para evoluir de um feed de inteligência de dados para uma nova forma de inteligência que pode ajudar as empresas a entender as necessidades de seus clientes. Planejamos aumentar nossa presença internacional, contratar uma equipe qualificada nos EUA e na Nova Zelândia e ajudar empresas de todos os setores a usar dados de eventos como uma forma de inteligência”.

No início, a maior parte dos funcionários da PredictHQ ainda ficará baseada na Nova Zelândia, embora a empresa preveja essa mudança ao longo do tempo.

Baixe já o aplicativo da StartSe

App StorePlay Store

Assine nossa newsletter

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema
Mais em Startups