Após ouvir 25 mil pitches, Richard Branson explica o que precisa ter em um

O fundador do bilionário Virgin Group dá a dica de ouro para um pitch eficaz: você precisa saber contar sua ideia em 10 palavras

Após ouvir 25 mil pitches, Richard Branson explica o que precisa ter em um

O fundador do bilionário Virgin Group dá a dica de ouro para um pitch eficaz: você precisa saber contar sua ideia em 10 palavras

0
shares

Em sua autobiografia “Finding My Virginity”, Richard Branson diz que já ouviu 25 mil pitches. Para ele, as melhores ideias podem ser explicadas em dez palavras ou cabem no verso de um descanso de copo - e se o empreendedor é incapaz de explicar rapidamente, ele não quer nem ouvir. A ideia deve ser capaz de se sustentar e prender a atenção do interlocutor já no primeiro momento do pitch.

A noção de “caber no verso de um descanso de copo” existe porque foi assim que a Virgin Australia Airlines, segunda maior companhia aérea da Austrália, foi criada. Brett Godfrey deu o start: estava voltando para o país com a família depois de uma temporada na Inglaterra. Antes de ir embora, Godfrey ligou para Branson e perguntou se ele poderia escutar um pitch de 60 segundos. “Espere, eu tenho uma ideia escrita no verso de um descanso de copo de cerveja”, Godfrey disse.

Godfrey apresentou a ideia da companhia-aérea de baixo custo, que teve enquanto tomava uma cerveja com um especialista em aviação. Godfrey é filho de um funcionário da Quantas e já conhecia o mercado no país. Na época, era CFO da Virgin Express, companhia aérea regional da Europa.

Depois dos 60 segundos e a leitura da ideia do descanso de copo, Branson pediu mais detalhes. Godfrey veio com os números e uma ideia clara, e o empreendedor comprou a ideia. Aí nascia a Virgin Blue, com o orçamento de US$10 milhões e apenas dois aviões. Godfrey é o fundador e Branson é co-fundador. Hoje, a companhia é conhecida como Virgin Australia Airlines.

“As melhores ideias não vem sempre com projeções financeiras detalhadas e propostas de negócio complicadas. Às vezes, elas vêm totalmente formadas no verso de um descanso de copo de cerveja... Se não cabe atrás de um envelope, é provavelmente uma péssima ideia. Mantenha a ideia curta e clara e será perfeita”, Branson dá a dica.

Em meio à tantas ideias, é mais interessante apresentar para investidores e interessados uma ideia impactante e, quando a atenção é conquistada, comprovar seu valor através dos números e pesquisas realizadas. Uma ideia interessante bem apresentada faz um pitch marcante – o necessário para chegar aos próximos passos.

(Via Business Insider)

Baixe já o aplicativo da StartSe

App StorePlay Store

Assine nossa newsletter

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema
Mais em Startups