A gigante do Vale: Waymo vale até US$ 135 bilhões (quase Tesla, GM e Ford juntas)

Empresa está liderando um setor quentíssimo, com dezenas de competidores; esse é um golaço do Google e pode mudar o mundo completamente

A gigante do Vale: Waymo vale até US$ 135 bilhões (quase Tesla, GM e Ford juntas)

Empresa está liderando um setor quentíssimo, com dezenas de competidores; esse é um golaço do Google e pode mudar o mundo completamente

0
shares

Esqueça a Tesla. Ela também está ficando para trás e possui um modelo de negócios tradicional demais (basicamente vender carro para as pessoas). De acordo com analistas da UBS, a Waymo é a verdadeira líder da revolução do mercado de mobilidade. E ela pode valer até US$ 135 bilhões, segundo estimativas deles - quase o mesmo que Tesla (US$ 51,1 bilhões), Ford (US$ 44,59 bilhões) e GM (US$ 51,9 bilhões) juntas, que totalizam cerca de US$ 147,69 bilhões em valor de mercado.

"Nós vemos a Waymo como a líder no emergente campo de carros autônomos", escreveu o analista Eric Sheridan em relatório, depois de conversar com 22 líderes do segmento. Sua estimativa é que a empresa tenha um valor estimado de US$ 25 bilhões até US$ 135 bilhões, uma boa porção do valor de mercado da Alphabet, como é chamada a holding do Google, que hoje está em torno de US$ 762 bilhões.

A companhia tem um "mix saudável" de diversas formas de monetização no futuro: receitas com táxis autônomos, propagandas que podem ser passadas com o tempo dos passageiros e com mapas, além de todo o segmento de entrega de cargas através dos carros e dos caminhões autônomos que já estão sendo testados. A companhia, porém, tem o seu maior valor na tecnologia que está desenvolvendo, da qual ela é líder disparada.

Os carros da Waymo já cruzaram 1,5 milhão de milhas na Califórnia sem necessitar de apoio humano - contra nem 250 mil milhas de todos os seus competidores somados (isso inclui Tesla, Nvidia, Nissan, GM, Mercedes, BMW, Baidu, Mercedes, Volkswagen, Uber, Bosch, Ford, drive.ai, Cruise, Valeo e Zoox). Os carros da Waymo precisam de cerca de quatro vezes menos apoio atualmente do que a média de seus concorrentes.

E é uma tecnologia que está completamente quente no momento, com todos os concorrentes do mundo do automóvel atrás deste tipo de tecnologia o mais cedo possível para sobreviver - enquanto outras empresas estão tentando nascer já totalmente adaptadas ao mundo dos carros autônomos. "O tema comum nesse momento do ciclo da indústria é que qualquer direção que as empresas estão vindo, elas estão reconhecendo a importância de controlar o próprio destino", destaca o analista.

Usando a metáfora do futebol, a Waymo é um golaço do Google - já gerou um valor absurdo para a empresa e pode gerar ainda mais conforme a empresa mude o setor da mobilidade de vez. Estamos entrando em uma era da Nova Economia que deverá trazer uma prosperidade imensa, conforme aumentamos a produtividade ao substituir trabalho humano pouco qualificado ou repetitivo (como motoristas) e substituímos por inteligência artificial.

É uma oportunidade gigantesca que se desenha! Para entender a dimensão da Nova Economia, dê uma olhada neste especial que preparamos para você através deste link.

Deixe seu nome e e-mail para receber a "Carta da Nova Economia" toda quinta:

Baixe já o aplicativo da StartSe

App StorePlay Store

Assine nossa newsletter

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema
Mais em Startups