Unicórnio chinês faz parceria com a prefeitura de São Paulo

Empresa líder mundial em compartilhamento de bicicletas se credencia junto ao município paulistano para introduzir melhorias na mobilidade urbana

Unicórnio chinês faz parceria com a prefeitura de São Paulo

Empresa líder mundial em compartilhamento de bicicletas se credencia junto ao município paulistano para introduzir melhorias na mobilidade urbana

0
shares

A Mobike, maior empresa de compartilhamento de bicicletas inteligentes do mundo, chega ao Brasil para introduzir o serviço de nova geração de compartilhamento de bicicletas no município de São Paulo. A empresa assinou o credenciamento junto à prefeitura de São Paulo no dia 6 de abril.

A Mobike é a primeira e a maior empresa de compartilhamento de bicicletas inteligentes do mundo. Fundada em Xangai em abril de 2016, em apenas dois anos já atendeu 200 milhões de clientes com suas 9 milhões de bicicletas. Nas mais de 200 cidades em 15 países, realiza até 30 milhões de viagens todos os dias. A vantagem competitiva é permitir aos usuários iniciarem e terminarem uma viagem em praticamente qualquer lugar, sem a necessidade de colocar a bicicleta em estações ou acopladas a um bicicletário, revolucionando o transporte urbano de complemento.

“Nosso desafio é tornar o trajeto da população paulistana mais ágil e eficiente, com nossas bicicletas integraremos cada vez mais pessoas à rede pública de transporte da cidade, bem como reduzir as distâncias entre estações de metrô, de trem e de ônibus do destino final dos moradores da cidade”, comentou o vice-presidente de expansão internacional da Mobike, Chris Martin.

A partir do credenciamento, a Mobike trabalhará com autoridades municipais para lançar um projeto piloto a partir de junho. O trabalho se concentrará em garantir que a Mobike possa fornecer um serviço de alta qualidade aos moradores e visitantes de São Paulo. A empresa vai começar a operar com duas mil bicicletas, com um plano de crescer rapidamente. “Queremos chegar a 100 mil bicicletas”, comenta Martin.

A tecnologia de rastreamento via GPS e conectividade pelo celular das bicicletas permite saber sua localização em tempo real, bem como prever a demanda por mais bikes em pontos específicos da cidade. O uso é simples, realizado via smartphone. Por meio do app da Mobike, o usuário localiza a bicicleta mais próxima e, para destravá-la, basta escanear o QR code para liberar o cadeado inteligente e começar a pedalar.

“A parceria entre a Mobike e a cidade de São Paulo é um ótimo exemplo de colaboração entre os municípios e a iniciativa privada. Trabalharemos em estreita colaboração com especialistas e empresas do município para oferecer um serviço de classe mundial para os paulistanos. Estamos comprometidos em colaborar com a cidade para construir um serviço de transporte estável e seguro, além de fornecer dados para a formulação de políticas públicas através dos dados que captamos com nosso cadeado concebido para a internet das coisas (IoT) analisados com ferramentas de big data”, comenta Chris Martin.

A empresa tem ainda um projeto de expansão para outras cidades brasileiras, como Rio de Janeiro, Salvador e Belo Horizonte. “A tecnologia da Mobike torna a experiência em mobilidade urbana mais rápida e conveniente. Através do processamento dos dados coletados pelo Magic Cube, fornecemos dados críticos em mobilidade às prefeituras das cidades em que operamos. Queremos trazer para o Brasil um novo conceito na forma como se pensa o transporte nas cidades”, finaliza Chris Martin.

Sobre a Mobike

Sua missão é levar bicicletas para mais cidades, por meio de tecnologia inovadora para tornar o ciclismo uma opção de transporte mais conveniente e sustentável para os residentes urbanos.

Com um portfólio de bicicletas especialmente projetadas e equipadas com GPS e tecnologia patenteada de cadeado inteligente, a Mobike permite que os usuários de seu aplicativo encontrem a bicicleta mais próxima, a reservem e a desbloqueiem, usando seus smartphones.

Até o primeiro trimestre de 2018, os usuários da Mobike percorreram 18,2 bilhões de quilômetros, o que equivale a reduzir as emissões de CO2 em mais de 4,4 milhões de toneladas, ou tirar 1,24 milhão de carros das ruas durante um ano, com base nos cálculos da WWF China sobre o primeiro ano de operação da Mobike.

Em sua trajetória de vertiginoso crescimento, a Mobike captou mais de US$ 1 bilhão dos maiores investidores do mundo (Tencent, 5ª empresa mais valiosa do mundo; Foxconn, fabricante do iPhone e Temasek, fundo soberano de Singapura). Em junho de 2017, a Mobike recebeu o “Prêmio Especial de Mobilidade Urbana Sustentável Climate Solver” do WWF, reconhecendo os impactos de sua tecnologia inovadora e a promoção do transporte sustentável. Em dezembro de 2017, foi nomeada entre os Campeões da Terra de 2017 pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), em reconhecimento à sua contribuição transformadora para o avanço do transporte público de baixo carbono.

Gostou? Então, aprenda tudo sobre as tecnologias e inovações que estão surgindo na China no nosso eBook Mergulhando no ecossistema empreendedor da China! Baixe aqui!

Baixe já o aplicativo da StartSe

App StorePlay Store

Assine nossa newsletter

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema
Mais em Startups