StartUCS: o programa de empreendedorismo da Universidade de Caxias do Sul

Até agora, o programa já recebeu 99 projetos de negócios e pré-incubou 49

StartUCS: o programa de empreendedorismo da Universidade de Caxias do Sul

Até agora, o programa já recebeu 99 projetos de negócios e pré-incubou 49

0
shares

Enor Tonolli, diretor do Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade de Caxias do Sul (TecnoUCS), e Eloide Pavoni, coordenadora do programa de empreendedorismo também da UCS, contaram sobre algumas iniciativas da universidade voltadas para inovação e empreendedorismo durante o Gramado Summit, que vai até o dia 8 de agosto.

Parte do Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da Universidade de Caxias do Sul (TecnoUCS), o StartUCS teve início há três anos, com o objetivo de incentivar a criação de novos negócios focados em inovação e tecnologia. Até agora, o programa já recebeu 99 projetos de negócios e pré-incubou 49.

Hoje, o programa conta com três fases principais: a primeira, Business Ignition Process (BIP), a segunda, pré-incubação, e a terceira, a incubação propriamente dita. "Nesse processo, eles chegam com uma ideia, vão para o BIP, depois seguem para a pré-incubação e, por final, a incubação", conta Pavoni. Além de já ter resultado na criação de 10 empresas, a StartUCS também contará com uma parceria com o fundo de investimentos Ventur, aceleradora que possibilitará o recebimento de recursos para os participantes durante o programa.

"As forças do ecossistema são talentos, ambiente e capital. Já os atores principais são iniciativa privada, academia e poder público. Acontece que a academia precisa  de uma repaginação, mas falta apoio do governo para pesquisa", constatou Tonolli, fazendo referência aos cortes de verba voltados à ciência.

O programa é voltado não somente para estudantes da universidade, mas também para acadêmicos, professores, funcionários e egressos da UCS. Ele conta com mentorias de profissionais do mercado de trabalho, que são selecionados com base em uma experiência prévia em outras empresas.

Em junho, a StartUCS inaugurou um novo espaço, passando de uma sala de 100 metros quadrados para um local de 915 metros quadrados. Além dos participantes do programa, o lugar também hospedará o setor administrativo do TecnoUCS, um coworking e sede do UCS Empresa Júnior, outra iniciativa que foca em prestar consultoria para o desenvolvimento de empresas por graduandos.

Mas não para por aí. O StartUCS também está apostando em pesquisas focadas em tecnologias do futuro, assim como padrões e tendências. O projeto se chama StartUCS FX2 e será, nas palavras do diretor, um laboratório de futurismo. "O que estamos fazendo aqui é muito semelhante ao que a Universidade de Houston faz", defende. Para ele, é preocupante a crescente vontade dos jovens de deixarem o Brasil para trabalharem no exterior, uma vez que o país precisa deles para se reerguer.

Baixe já o aplicativo da StartSe

App StorePlay Store

Assine nossa newsletter

switch-check
switch-x
Nova Economia
switch-check
switch-x
Empreendedores
switch-check
switch-x
Startups
switch-check
switch-x
Ecossistema
Mais em Startups